segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Óculos de Drummond

Ainda muito nova vesti os óculos de Drummond, e nunca mais os tirei da cara. Desde então, esse costume adquirido de ver o mundo por detrás de suas lentes me acompanha, e estou quase certa de que irá comigo até a morte. Carlos Drummond está comigo assim como o ar à minha volta: a todo o tempo está ali, mas ocasionalmente, de súbito, tomo ciência da sua presença ao respirá-lo. Sinto o pulso do poeta a conduzir cada palavra que escrevo. Sinto a lâmina afiada de seus versos perfurar meu peito e atingir, fulminante, o coração.
O poeta está comigo quando caminho nas ruas de pedra de Valença, minha Itabira, e quando, no Rio, paraliso de surpresa e encanto sempre que vejo o mar. O poeta está comigo na força da memória, que não deixa cair da lembrança suas palavras. O poeta está comigo quer eu veja processos ou antologias, e tudo isso vejo partindo de seus óculos.
O poeta está comigo.

"(...)Tão simples reconhecê-lo, toda identificação é vã. O poeta levanta seu copo. Levanto o meu. (...) Falando em voz baixa nos entendemos, eu de olhos cúmplices, ele com seu talismã."

Drummond, 'Quintana's Bar'.

14 comentários:

eros.ramirez disse...

O poeta está vivo

http://www.youtube.com/watch?v=axAVKkk86lg&feature=related

Sue Ellen Sales disse...

Ei Laila.. q blog gostoso de se estar.. estou encantada..
Tudo belo, tudo doce.. tudo com um gostinho de quero mais.. eloquente e fissurante..
Adorei.. quero estar sempre por aqui..
Super beijo..
Bem vinda a minha coleção de blogs preferidos..

Clê disse...

Primeira vez por aqui e me encantei!Que delícia, colocar figurativamente os óculos do poetinha de Itabira e ser capaz de ver o dia a dia com a mesma ternura e lirismo.Encontrar encanto em cada folha caída pelo chão, em cada plantinha nascida em meio ao concreto da calçada. Simplesmente perfeito!Já entrou para minha seleção de favoritos!bjns
cadernocolorido.blogspot.com

Duda disse...

Gostei do blog!
Achei bem legal!
Se tiver tempo da uma olhadinha no meu.
Segue que eu sigo de volta!
alem-damoda.blogspot.com

polaichukkuve disse...

கவிதைக்கும் கலைக்கும் எல்லையே இல்லை
எவ்வளவு பார்த்தாலும் சலிப்பதே இல்லை
வாழ்த்துக்கள் ....
நன்றி !
language ;- tamil

Eduardo disse...

Olá Laila, muito legal seu blog! Obrigado. Quando quiser, visite o meu. Um abraço, Eduardo

www.maneirasimples.wordpress.com

BloG da LiliH disse...

Oi! Adorei seu blog! Estou te seguindo, se puder dar uma olhada no meu também... quem sabe gosta e passa a seguir?!


arianelilih.blogspot.com

Silas Dávila disse...

Nossa Laila, parabéns, esse blog está com uma personalidade incrivel.
Muito bom o seu trabalho! mais uma vez parabéns!

O Conselheiro disse...

Parabéns pelo blog.
Keep writting...

Sucesso!
http://o-conselheiro-do-amor.blogspot.com

Ronperlim disse...

Os óculos de Drummond me fez lembrar dos óculos de Quintana em Pausa.

Ver o mundo através desses óculos é ter a capacidade de percebê-lo por meio da sensibilidade, compreendê-lo; transformando-o em palavras.

Valeu por mais um óculos literário.

Srta Mayla disse...

"Sinto o pulso do poeta a conduzir cada palavra que escrevo. Sinto a lâmina afiada de seus versos perfurar meu peito e atingir, fulminante, o coração."

Layla,
seu blog foi um achado,
aquele toque de DEUS no cotidiano,
muuuuuuuuuita luz e paz, sempre tá?! ;D

Ester. disse...

Olá adorei seu blog.
Parabéns bjus.

xico_skywalker disse...

muito belo o texto adorei lê-lo causa uma certa ansiedade pelas palavras fome de cultura . sei lá ! algo grande, genuíno ... big words ! girl !

aproposito adorei seu blog estou seguindo .. quando tiver tempo dê um pulo no meu .. será sempre bem-vinda .. não tenho tanta prática com as palavras como vosmecê mas garanto que irá dar boas risadas dos meus singelos versos .. posso ser seu amigo ? não!? que pena .. terei que fatasiar uma amiga imaginaria com seu perfil .. sorry!

tchau ! um big abraço até a proxima ...

Horário Extra - Português disse...

E agora, Laila, e agora você? rsrs

Muito bom texto, parabéns!