sexta-feira, 17 de outubro de 2008

A inspiração suprema... e o bater com a cara na parede

Primeiro, a inspiração suprema: uma luz divina baixa na sua mente e você já sabe exatamente o quê e como vai falar. O poema perfeito, a obra-prima da sua vida... vai até cobiçando aquela cadeira na ABL...
Depois, o poema não sai. Quarta, quinta, sexta, "ah, deixa passar o final de semana", e o poema lá, ruminando devagarzinho, envelhecendo em barril de carvalho...

Aí, oito dias depois você toma vergonha, pega aquela bic (que sempre falha na hora), troca por outra, rasga uma página do caderno, senta e espera. O poema vai escorrendo - apesar de nunca, NUNCA ser aquilo tudo que você pensou. Bom, não importa. Vai chegando o último verso, e você já aliviado, pesando menos 532 quilos. Não era aquilo tudo, mas até que ficou bom.

Aí você trata o poema ungido com todo o respeito, dando o tempo para ele se rebelar na paz da sua gaveta até amadurecer, uns três meses depois.

Então, a glória! Mostrar para seus amigos/professor/namorado/subir num banquinho e ler na rua. Você vai observando a expressão das pessoas: incredulidade, admiração... E chega o fim do poema, seu ego ansiando por aqueles elogios clichês que aquecem o coração... e o que vem?

"Ahh, você deve estar apaixonado!"

Aí é demais. Aquele trabalho todo, pra alguém atribuir todo o seu crédito a uma paixão? Dá vontade de perguntar se o indivíduo acha que você não poderia ter inscrito por transpiração própria. O poeta vai a pé até a China atrás do seu poema e no fim foi tudo obra do Cupido. Vou dizer uma coisa, para apoio dos poetas e conhecimento dos leigos: a paixão não é isso tudo.

4 comentários:

Isabela disse...

é legal poder relatar em primeira mão q primeiro vc ouve sua amiga de turma falando sobre este asunto e depois vc vê a conversa num blog, cara eh mt show!!!!
continue com o blog, companheira

Marcio Sarge disse...

A paixão esta ai sim, eu posso vê-la apesar da negativa.
A paixão pela escrita, pela letra, pela arte tão sua por isso mesmo que os leigos confundem com qualquer batida de coração rs.

Deixa estar ...

bjs

Sanger/Regnas disse...

A conclusão é óbvia: você está apaixonada!!!!!!!!!!!

Isadora disse...

meu primeirooo comentario colega!!
demorei tanto tempo...
eis aqui(Tentei dar um ar de "culta" agora) uma pessoa que eu convivo diariamente e a cada dia me surpreende ainda mais com o que ela escreve...

sem querer puxar o saco,sou fa do que vc escreve,colega!^^