quinta-feira, 30 de julho de 2009

Pandemia, pandemônio

Pandemônio: (sm) 3. Balbúrdia, tumulto

Somente na África, morre uma criança de menos de 5 anos a cada trinta segundos infectada pela malária. Estima-se que existam 18 milhões de pessoas infectadas com doença de Chagas nos países latino-americanos. Nos países em desenvolvimento, mais de 20% da população tem infecção contínua por giardíase.
Sabia?
Se sabia, provavelmente é vestibulando ou foi há pouco tempo.
Mas isto aqui não é um blog médico. O que acontece é o sensacionalismo. A nova gripe matou (estimativa!) umas 60 pessoas no Brasil e o álcool gel some do mercado, e todo mundo quer máscara e deve-se evitar multidões e aglomerados.
Por que este pandemônio?
As protozooses citadas no primeiro parágrafo atingem principalmente as populações pobres que vivem em condições pífias de saneamento e higiene. É por isso que não há sensacionalismo em cima delas: afinal, se a população já está morrendo mesmo por causa da fome e da violência, por que se preocupar com as doenças?
Enquanto isto, nas grandes cidades, as pessoas adiam seus intercâmbios e suas viagens internacionais e lotam as clínicas com medo da Influenza A, que já foi tachada de pandemia. E agora por causa da gripe há mobilizações gigantescas da OMS para desenvolver tratamentos, vacinas e conscientizar o povo.


Enquanto isso as crianças africanas vão morrendo, duas a duas, a cada minuto.

5 comentários:

Sanger/Regnas disse...

Perfeito!!!! Ou melhor, perfeita! Assim como a moça do banquinho!!

Fábio Melo disse...

Belo texto!

Parabéns!

Marcus "OROCHI" disse...

Nada a acrescentar, só assino embaixo e concordo plenamente.

Isabela disse...

Nossa, este texto podia ser imprimido e distribuido na cidade! Aqui em vlç a gripe virou obsessão!
Estão fazendo muito barulho msm, claro que ter uma semana a mais de férias por causa desta influeza é bom d+, mas não deixa de ser exagero.
Mt bom colega!

Rodolfo Diniz disse...

Realmente não há nada à acrescentar como disse o Marquinho...é uma pena que esse seja um fato tão ignorado pela humanidade em geral...